Skip to main content
ufc-marketing

UFC e o sucesso do seu Marketing Esportivo

Você foi um dos que assistiu a última luta do Anderson Silva em um bar da sua cidade, ou chamou os amigos pra assistirem em sua casa por algum canal que você pagou pra ver as lutas de MMA? Pois bem, você também foi tomado pela febre do UFC, um indiscutível fenômeno do Marketing Esportivo que só tem a crescer em terras Brasileiras.

O Ultimate Fighting Championship ou apenas UFC tem atingido altos índices de audiência, é muito comum vermos bares lotados em noite de lutas do UFC, principalmente quando há brasileiros no octógono. Você pode não ter nada em sua casa com a marca UFC, mas com certeza já deve ter visto por aí camisas, bonecos, bonés ou qualquer coisa relacionado. Não é de se estranhar, os altos investimentos em Marketing do UFC são justamente pra isso, bombardear o público e fazê-lo se identificar com o esporte.

O esporte no Brasil

Quando o UFC surgiu na década de 90 no Brasil, criado pela família Gracie, fez um relativo sucesso. No entanto não seguiu muito adiante por inúmeros motivos até cair no esquecimento e no Fracasso até que e os irmãos Lorenzo e Frank Fertitta comprassem a marca e fazerem uma revolução dela com a ajuda do ex-pugilista Dana White frente às organizações, se tornando uma espécie de Don King desse esporte.

O UFC tem como maior aliado às redes sociais e o pay-per-view para alavancar seu crescimento. O próprio Dana White disse que o twitter foi a melhor opção para o UFC. Atualmente, todo lutador que assina contrato com o UFC tem que ter um perfil no Twitter, sem falar que nos dias de luta o perfil do UFC e do Dana White narram os rounds e é certo ter nos Trending Topics a Hashtag do UFC. No Facebook, a página do Ultimate Fighting Championship de todos os esportes é uma das mais movimentadas.

Na televisão paga foram criados canais pagos especialmente para transmitir lutas ao vivo do Evento e houve também um Reality Show, o TUF (The Ultimate Fighter), onde lutadores formavam equipes que lutavam entre si e o vencedor do Game ganhava uma vaga no Torneio.

A concorrência com o futebol

No Brasil especialmente o UFC se aliou ao futebol, esporte mais praticado no País, e alavancou mais ainda seu sucesso. Grandes clubes começaram a patrocinar jogadores oferecendo a eles um forte aparato técnico para seus treinos e patrocínio. Você viu a luta que o Anderson Silva quebrou a perna? Certamente viu também o escudo do Corinthians no short que ele usava.

Pois bem, a febre já atingiu o País inteiro e o MMA é o segundo esporte mais praticado no Brasil, o sucesso do esporte é enorme e é uma grande lição de marketing esportivo e branding. Uma marca em declínio e fadada ao fracasso se tornou uma das mais importantes dos esportes com sucesso em escala global.

Até quem não gosta tem que reconhecer o sucesso do Esporte e há quem fale que aqui no Brasil até o futebol vai perder espaço. Apesar do sucesso eu não acredito nisso, talvez por ser amante do Futebol, mas o UFC tem crescido tanto que não seria difícil de acontecer isso não é?

Comente aqui