Skip to main content

Sua marca em um site pornográfico?

Imagine a seguinte situação. Você é um Gerente de Marketing e/ou Comunicação de uma determinada marca. Então, recebe uma ligação de alguém do atendimento de um determinado site, solicitando uma reunião para oferecer um espaço para divulgação de sua marca nesse site.  Você, sua equipe e o atendimento se reúnem. Discutem os prós e os contras da proposta, barganham preços e no final fecham um acordo bacana.

Situações como a descrita no parágrafo anterior são significativamente comuns no dia a dia de um profissional de marketing e comunicação. Sempre tem algum site ou portal que ofertam um determinado espaço publicitário para sua empresa ser vista pelo público desse veículo. Mas, e se esse endereço eletrônico fosse um site pornô?

Pois bem, recentemente, uma marca famosa de roupas e acessórios veiculou um anúncio em sites de conteúdos adulto. A Diesel, famosa por seu Jeans e acessórios (de ótima qualidade, diga-se de passagem) veiculou um “emoji” nos sites Pornhup e Grindr. Trata-se de um anúncio  que contem um emoji de uma cueca, contendo também um modelo usando uma peça de moda íntima da marca, trazendo a frase “took it for you”.

site

Tal ação, nos faz pensar em até onde uma marca pode levar sua imagem. Convenhamos que ter sua marca veiculada em um site pornográfica não seria nada bom para determinados tipos de marcas. Já imaginou se o McDonald’s abraça essa ideia?

Todavia, sabemos que as marcas precisam encontrar os consumidores onde eles gastam boa parte de seu tempo e segundo dados do portal Pornhub, muitos consumidores passam um tempo significativo consumindo os conteúdos desses tipos de sites. Em 2015, os visitantes do Pornhub  gastaram nada mais nada menos que 4 bilhões de horas, em todo o planeta, segundo levantamento do site.

Além desse tipo de produto, quais poderiam ser veiculados nesse tipo de site? Anúncios de cassinos são comuns nesses espaços.  Porém, um site pornográfico não é um lugar muito interessante para determinadas marcas. A marca pode passar a ser vista com desconfiança por parte do consumidor, pela maneira como os sites adultos são vistos ainda hoje. Apesar de toda evolução de mentalidade e afins, o sexo ainda é um tabu em nossa sociedade e será um tema tratado com ressalva durante muito tempo.

 

Fonte:

http://www.marketingmagazine.co.uk/article/1380325/does-diesels-pornhub-foray-herald-risque-approach-brands

Comente aqui