Skip to main content
casamento gay

Repercussão da legalização do casamento gay nos EUA

Na última sexta feira, dia 26 de Junho de 2015, um pronunciamento feito pela Casa Branca mudou a história e representou mais um passo na caminhada pela igualdade entre todos nós. Ficou decidido, pela Suprema Corte, que todos os 50 Estados que compõe os Estados Unidos da América tem que legalizar o casamento gay.

A decisão foi apoiada por Empresas dos mais diversos segmentos, que trocaram os seus avatares no Twitter e no Facebook, para celebrar.

O próprio Facebook foi responsável pela criação de um aplicativo onde o usuário poderia simplesmente adicionar um filtro que possuía as cores do movimento LGBT ao seu avatar, e compartilhar a mudança junto com uma mensagem de apoio. A aderência das pessoas que usam a rede social foi massiva!

“Mas o casamento gay no Brasil…”

Como sempre, não se pode agradar a todos e sempre vai aparecer algum(a) pessoa(s) querendo causar. Vamos à seguinte afirmação que merece até quote:

Mas no Brasil já é legalizada há mais de 1 ano a união entre casais gay, e ninguém fez essa comemoração toda.

É sério que vocês querem comparar um País ~em desenvolvimento~ com APENAS o País mais influente do Mundo (em todas as áreas)? 😉

 

No Brasil, o casamento gay ocorre na prática desde 2011, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) reconheceu a equiparação da união homossexual à heterossexual. Dois anos depois, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) decidiu que os cartórios brasileiros fossem obrigados a celebrar casamento entre pessoas do mesmo sexo, e não poderiam se recusar a converter união estável homoafetiva em casamento.

Comente aqui

Fernanda Landim

Formada em Publicidade e Propaganda, nerd e apaixonada pelo Canadá. Durante algum tempo estive perdida sobre que área da Publicidade deveria focar. Decidi explorar um pouco de cada.