Skip to main content
redes sociais

Redes sociais e o trabalho

O ser humano é uma espécie que necessita de interação para viver. E em um mundo onde a informação transita de uma forma quase instantânea, a forma de interação entre as pessoas mudou radicalmente nos últimos tempos.

Antigamente para se comunicar com um amigo distante só havia duas formas para isso acontecer, por telefone ou por carta. Hoje se fôssemos enumerar as formas possíveis de comunicação entre as pessoas passaríamos horas e horas para listar todas as formas e aplicativos de comunicação disponíveis.

Por ser uma espécie de interação o ser humano acaba se utilizando desses mecanismos de comunicação em seu ambiente de trabalho, por isso surge a questão: As redes sociais afetam a produtividade no trabalho?

As Redes Sociais podem ou não afetar a produtividade do profissional em seu ambiente de trabalho, isso é um fator relativo, pois devemos avaliar que profissão o indivíduo exerce, por exemplo: um Analista de Social Media, depende das Redes Sociais para exercer a sua atividade, elas são o instrumento fundamental para o exercício de seu trabalho. Entretanto, há outras atividades que demandam mais atenção de seus profissionais para o exercício de suas tarefas, nesse caso acessar as Redes Sociais de modo excessivo pode ser prejudicial para esses profissionais.

Para evitar a queda de produção no trabalho de profissionais que demandam de uma dose maior de concentração, cabe aos gestores dialogarem com os seus subordinados sobre o uso racional das Redes Sociais no ambiente corporativo. Negligenciar a existência do uso das redes sociais no ambiente de trabalho, não é aconselhável, pois as Redes Sociais já fazem parte do dia a dia das pessoas, proibir também não é aconselhável, já que a proibição não leva a lugar algum, dialogo é a palavra de ordem entre gestores e subordinados sobre o uso das Redes Sociais no trabalho.

Não há uma resposta definitiva se as Redes Sociais prejudicam o desenvolvimento do trabalho dos profissionais, já que cada profissão tem as suas características particulares. Portanto, a palavras de ordem na relação Trabalho e Redes Sociais, são dialogo e comprometimento, dialogo, pois os gestores devem entender que as Redes Sociais fazem parte do dia a dia de seus subordinados e comprometimento por parte dos empregados, para não deixar as Redes Sociais prejudicarem o seu exercício de sua atividade. O fato é que: as Redes Sociais estão aí, mas a forma que você as utiliza só depende de você, elas podem facilitar ou dificultar o seu dia a dia, mas o papel de mocinha ou vilã que elas ocupam na sua vida, só cabe a você decidir. Pense nisso.

Comente aqui