Skip to main content

Quão poderoso é o marketing no forró?

Há alguns anos o gênero musical nordestino vem passando por mudanças nítidas, tanto na evolução de estrutura e produção, como, principalmente, na profissionalização do marketing que envolve e divulga as bandas e cantores. Com isso, atualmente, o forró conta com artistas que estão presentes no cenário nacional da musica brasileira, como a banda Aviões do Forró, as cantoras Simone e Simaria e o maior case de sucesso da atualidade, o cantor Wesley Safadão.

 

O destaque do gênero não vem de hoje, já que desde a aparição do saudoso Luiz Gonzaga o forró passou a ser conhecido nacionalmente. Porém, de lá para cá, houveram mudanças radicais na maneira de tocar, tendo alterações na batida, inserção de novos instrumentos e letras mais ousadas, passando a ser intitulado de “forró eletrônico”.

Cenário atual

Alguns dias atrás o cantor de maior destaque da atualidade no meio forró, Wesley Safadão, deu um depoimento em entrevista ao site UOL informando que, apesar da crise atual do país, vive o seu melhor momento na carreira. Não é por menos já que, segundo fontes, o cantor fatura em média 400mil por show, estando entre os cachês mais altos da música brasileira na atualidade.

astro do forró

Tal fenômeno dar-se a fatores atuais que beneficiam de maneira decisiva a carreira desses cantores e um deles é o marketing. Em uma época onde o sertanejo tem se posto como o estilo mais tocado nas rádios, caindo de vez no gosto popular e ajudando a difundir o forró, já que boa parte das músicas tocadas por duplas e cantores sertanejos é escrita por compositores e bandas do estilo nordestino, o forró ganha cada vez mais destaque, que também se posiciona por suas ações agressivas de marketing.

As ações de marketing

Já há alguns anos o forró vem na contramão de outros ritmos e distribui de maneira gratuita os CDs gravados em seus shows, assim como, divulgando na internet, onde tem ganhado cada vez mais destaque e visualizações, usando essas estratégias como umas das principais ferramentas na divulgação do seu trabalho. Ainda, como se imagina, tal ação não trás prejuízo aos músicos, já que foi “substituída” por citações de patrocinadores, feita pelos cantores, durante os shows, em meio ao repertório das bandas, que são eternizados em CDs chamados “promocionais”.

A ação mais recente das bandas é a venda de copos e bonés, com sua marca, durantes os shows, onde acabam atingindo o público-alvo de maneira mais eficaz, já que trata-se da abordagem no próprio “ponto de venda”.

Ainda, as bandas “pegaram carona” na onda do sertanejo com a estratégia de vender o músico em “carreira solo”, evidenciando nomes ao invés de grupos, como é o caso dos cantores Gabriel Diniz e Wesley Safadão, que seguem carreiras bem planejadas, produzindo DVDs de excelente qualidade e divulgando turnês, o que não era muito visto no gênero até pouco tempo atrás.

Novos personagens do forró

Hoje, o que se vê são cantores criados a partir de personagens, onde toda a sua produção é pensada e planejada para atingir um público específico, lembrando muito bem a estratégia de segmentação que as marcas e empresas já fazem há anos. Como exemplo, podemos citar o próprio Gabriel Diniz, que trabalha um estilo único de excentricidade e bordões bem diferentes do que já se havia visto. Também trabalham dessa forma a dupla de cantoras Simone e Simaria, que demonstram em suas músicas a sua estratégia nítida de alcançar o público feminino, além de trabalhar isso em cenário de palco e nas suas abordagens ao público.

gabriel diniz forró

Tal fenômeno no estilo musical deve ser analisado como um avanço e profissionalização desse mercado, já que os escritórios que gerenciam as carreiras desses cantores passarão a contratar cada vez mais profissionais com especialização em marketing e gestão de marca, fazendo com que tudo fique cada vez mais qualificado, beneficiando o público-alvo e atingindo patamares antes inimagináveis.

meninas no forró

Comente aqui