Skip to main content
meme

Quando um meme gera criatividade

É claro que todos nós, de uma forma ou de outra, descobrimos o que eram memes e já provamos de seu poder em nossas vidas. Nada melhor do que ter aquela figura ou situação que exemplifica claramente o que se passa com você ou mesmo lhe serve para aquela piadinha legal, não é? Particularmente, creio na importância de um bom meme.

Os memes surgem todos os dias e cada vez mais, cada situação inusitada ou engraçada é uma gama de possibilidades e cada uma delas tem um potencial bem considerável. Seja para nos fazer rir, contextualizar ainda outras situações, viralizar uma ideia ou uma piada que seja. Mas ainda nesse potencial, o que mais pode haver?

 

É notória toda essa variedade e a rapidez com que ela se dá. Tudo isso atrai, encanta e engaja as pessoas. O que é uma das coisas mais desejadas hoje em dia por cada produtor de conteúdo online e seus afins. Seja qual for o objetivo, é inegável o bom desempenho dos memes em agregar e impulsionar as pessoas ao compartilhamento.

habibs meme

Mas aí está uma boa questão. Os memes se bastam? Parece meio estranho discutir isso ou ainda pensar em coisas tão aparentemente bobas como algo de importância. A realidade, porém, é que são muitos os exemplos dos que apostam e acreditam no potencial dessa comunicação. E isso é bom.

Bom por que é algo ainda tão recente que desperta todo esse lado de criação e discussão. Possivelmente ainda estamos muito dispostos ao aspecto da criação e difusão, mas ainda assim vale o questionamento. Pois, se há quem invista nisso, com certeza há algo a ser compreendido e bem utilizado.

Sejam através dos remixes, paródias, aplicações, jogos, aplicativos… E tudo o mais que está surgindo com os memes nossos de cada dia, o importante é perceber: de alguma forma isso tem influenciado ou participado do nosso modo de criar. E quando algo toca a criatividade, mais ainda se pode acreditar nessa tal coisa e no seu potencial.

meme melody

Pois a importância de tudo isso é, não só a forma como se criam os memes e se difundem na rede, mas o como isso sai da cabeça das pessoas e passa pelas transformações necessárias até transformar outras cabeças e processos.

Dos exemplos mais recentes temos de falsetes a senhoras correndo. Tanto por isso, foram os que me despertaram para esta discussão. Em menos de uma semana tínhamos às mãos um jogo produzido pela Nerdeck. O “Senhora, volta aqui” está disponível na Google Play e reproduz o viral, onde agora nós encaramos a tarefa de fugir da famigerada repórter.

Certo, e o quê tem isso? Tem que nós vemos, viralizamos e rimos dos memes, e agora eles migram entre as mídias de forma muito mais ágil, estando presentes de forma cada vez mais concreta no dia a dia das pessoas. E o que mais nós queremos, se não isso, não é? Então, que a criatividade seja tanta que os memes nos sirvam mesmo e nos sirvam muito. Afinal de contas, comunicar é criar.

Comente aqui