Skip to main content
publicidade

Publicidade pornográfica é barrada pelo Google

Sites pornográficos que antes anunciavam com o Google agora não terão mais esse tipo de serviço. O AdWords, programa de publicidade do Google, que é bastante conhecido sob o nome de ‘Links Patrocinados’, e tem o objetivo de oferecer aos anunciantes possibilidades de divulgar seus serviços para clientes potenciais de maneira rápida e fácil, decidiu banir todo tipo de anúncio que direcione os internautas a conteúdo adulto de sua rede de publicidade.

Estatísticas do mercado de pornografia comprovam que cerca de 4.9 bilhões de dólares são movimentados nesse comércio. E que dos 24.664,172 sites, pelo menos 12% são pornográficos onde, praticamente todos esses utilizam da publicidade pornográfica para fins financeiros. Com apenas esses dados já dá para percebemos que essa nova política preocupa bastante os sites que dependiam desse tipo de publicidade.

Essa mudança de política foi comunicada aos anunciantes através de um e-mail. Um porta voz do grande site de busca explicou que a empresa atualiza sua política em uma base regular, e há anos tem diretrizes rígidas quando se trata de conteúdo adulto.

Ainda sobre essa mudança o Google esclarece: “Nossa Política de Privacidade pode ser alterada de tempos em tempos. Nós não reduziremos seus direitos nesta Política de Privacidade sem seu consentimento explícito. Publicaremos quaisquer alterações da política de privacidade nesta página e, se as alterações forem significativas, forneceremos um aviso com mais destaque (incluindo, para alguns serviços, notificação por e-mail das alterações da política de privacidade). Também manteremos as versões anteriores desta Política de Privacidade arquivadas para você visualizá-las”.

A decisão do Google foi feita em março, contudo, a rede CNBC aponta que muitos sites foram pegos de surpresa.

Comente aqui