Skip to main content
pense

Pense, planeje e voe

Há momentos em nossa vida em que temos medo do futuro que não sabemos que rumo tomar, nesses momentos é extremamente natural nos sentirmos perdidos. Porém é quando a incerteza bate, que devemos olhar para dentro de nós e tentar encontrar o sentido de nossas vidas.

A vida profissional é formada por altos e baixos, momentos em que estamos em plena sintonia com os nossos objetivos, já em outros nem tanto. Essa situação é natural não se preocupe. Entretanto, são nesses momentos que devemos colocar a cabeça no lugar e pensar até que ponto andamos e aonde queremos chegar. Esse momento de crise não tem nada a ver com idade ou classe social, esse é um momento que chega para todos nós cedo ou tarde.

Entretanto, para que esse momento não seja uma situação negativa em sua trajetória profissional, o comportamento e as escolhas feitas anteriormente, são decisivas. Por exemplo: ter um plano B em paralelo a sua carreira profissional, um hobby ou até uma segunda carreira pode ser um fator que amenize esse momento de crise profissional.

Aprender sobre várias áreas não só a que atua, pode ser uma medida interessante para ampliar os horizontes e “proporcionar” uma nova visão de mundo ao profissional e fazê-lo: “Pensar fora da caixinha.” Porém, a atitude que contribui de forma relevante para amenizar os momentos de crise profissional é não se acomodar, muitos profissionais por terem um cargo que lhe proporciona uma quantia e uma qualidade de vida razoável se acomodam em uma situação que não lhe satisfazem plenamente, e essa insatisfação por sua vez traz a famosa “crise existencial na carreira”.

Claro que para alguns casos há exceções, por exemplo: uma pessoa que tenha família que dependa dela financeiramente, não pode largar tudo para o alto de uma hora para outra, deve-se fazer um planejamento prévio antes de tomar qualquer atitude, porém independente da situação tomar alguma atitude é fundamental, o que não pode acontecer é ficar sem fazer nada.

Como mencionado no início do texto, crises na carreira são inevitáveis no decorrer da nossa carreira, mas a intensidade que elas vem é determinado através das escolhas que fazemos no decorrer da estrada. Por isso, pare, pense e acima de tudo, planeje a sua carreira, pois os passos dados no presente determinam o seu futuro.

Comente aqui