Skip to main content
smartphones

Os smartphones e os eventos sociais

Como você se comporta quando vai a um barzinho ou ao teatro? Você é do tipo que larga o seu smartphone e curte uma boa conversa cara a cara com os seus amigos ou você é do tipo que não resiste às notificações de suas redes sociais e logo pega o smartphone e navega em seu “mundo virtual” ?

O comportamento das pessoas em eventos sociais é um tema bastante discutido atualmente, pois frequentemente podemos ver grupos de amigos em uma mesa de bar onde todos estão com os seus smartphones nas mãos, conversando com os seus amigos virtuais e deixando de desfrutar a companhia de pessoas que estão ao seu lado, deixando de viver momentos que poderiam ser incríveis, trocando o mundo real pelo virtual.

Outra situação que ocorre frequentemente é em espetáculos de música ou teatro, onde o artista está no palco e na plateia encontram-se pessoas presas aos seus smartphones, perdendo a maioria do espetáculo. Por causa disso, o ator Antônio Fagundes lançou uma campanha para proibir o uso dos celulares em teatro, até o momento ainda não é proibida a entrada de smartphones em teatros. Entretanto, podemos notar que no inicio de cada espetáculo os atores pedem para que as pessoas desliguem os seus celulares, ou se não desligar pelo menos retire o flash na hora de tirar fotografias do espetáculo para que não desconcentre os atores.

A relação de dependência entre pessoas e smartphones é nítida, porém é uma relação que deve ser administrada por todos nós, para que a nossa dependência pelo mundo virtual que hoje está tão presente no nosso dia a dia, não interfira e nos prejudique no mundo real. Curtir uma boa conversa com os amigos, olhar olho no olho…ver a reação das pessoas enquanto conversamos é fundamental para mantermos a sanidade mental e a vida social em dia atualmente. Em relação aos espetáculos de teatro, utilizar os smartphones em momentos adequados é um sinal de respeito ao artista que está se apresentando.

Não podemos negar que os smartphones se tornaram indispensáveis em nossa rotina diária, afinal usamos os smartphones para nos comunicar, trabalhar e até pagar contas, entretanto, a frequência e os momentos que você os utiliza…você pode controlar.Por isso, pare, pense e reflita… Será que estou usando o meu smartphone de forma adequada, ou será que virei um prisioneiro dele? #ParaRefletir

 

Comente aqui