Skip to main content

Obama contra as armas – os prós e contras de uma propaganda polêmica

Na última quarta feira (16/01/13) Barack Obama formalizou as propostas de proibição do comércio de armas de assalto (armas usadas para ataque, que são de uso militar) e exigiu maior rigor na verificação de antecedentes para compradores de armas.

Isso tudo porque a população se mantem indignada depois dos inúmeros massacres sofridos nos últimos tempos.

Essa é  a maior iniciativa das últimas décadas para o controle das armas no país.

Ao anunciar as novas medidas, Obama tinha a seu lado crianças de todo o país que nas últimas semanas lhe enviaram cartas falando da preocupação com as armas e com a segurança escolar.

[youtube

O problema foi a resposta da associação do rifle à propaganda  eles acusam o presidente Barack Obama de hipocrisia por usar escoltas armadas para proteger suas filhas.

Em um vídeo de 35 segundos postado em seu site, a NRA chama Obama de “elitista hipócrita” por concordar que o Serviço Secreto proteja suas filhas, mas querer impedir que as escolas tenham guardas armados.

“As filhas do presidente são mais importantes que seus filhos”, questiona o narrador da propaganda.

Esse é o preço e o risco que se corre ao mexer com temas delicados, agora é aguardar a manifestação da população, e quem sabe, uma possível resposta de Obama.

obama

 

 

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *