Skip to main content
facebook guarana antarctica

O que significa o resultado da Guaraná Antarctica no Facebook?

Hoje me meti em uma polêmica numa postagem da página do Facebook “Mídias Sociais da Depressão”. Eles postaram uma matéria sobre os resultados da página do Facebook do refrigerante Guaraná Antarctica onde entre os dados divulgava a agência que faz o trabalho e a ferramenta desenvolvida por ela mesma que dá todos os resultados do trabalho realizado. Num primeiro momento acredito que essa era a “polêmica” da matéria mas nos comentários começou outra: será que o trabalho é tão bom assim?

Quando fui me manifestar resolvi não entrar nesse mérito porque cada profissional faz o que acredita ser o melhor e não estou na posição de julgar os caras da agência em questão. A única coisa que me incomodou mesmo é que mais uma matéria com números brutos é divulgada com um viés de relacionar números absolutos do Facebook com sucesso e esquece de trazer o mais importante: COMO ISSO REFLETE NO RESULTADO DA EMPRESA?

A primeira coisa que comentei foi sobre ainda esperar o dia que irão postar sobre o tal engajamento no Facebook e relacionar com resultados concretos da empresa. Depois trouxe uns fatos que são históricos sobre o cenário desse tipo de produto no Brasil. É legal pra marca poder dizer que é a número 1 do Facebook entre as brasileiras, mas na prática ela compete no mercado com Pepsi e Coca-Cola. Aliás, tempos atrás eu estava pesquisando sobre o mercado e encontrei uma matéria que colocava o Guaraná Antarctica como a verdadeira pedra no caminho da Pepsi em busca do crescimento no país (ambas são da Ambev). Olhando o Facebook, notamos que em números de likes a Coca-Cola (mundo mas com segmentação e as postagens são em português) tem 60 milhões, o Guaraná Antarctica 10,3 milhões e a Pepsi tem 2,8 (Brasil) e 9,5 (mundo). A princípio me parece que reflete uma realidade bem antiga no país.

O que eu gostaria de saber dos trabalhos é o que esses números geram para as marcas de fato. O que elas fazem com essas informações para entregar um valor maior ao seu cliente. Temos que lembrar que independente da estratégia (utilizar o canal para ter insights dos clientes, construção de marca, canal de vendas…) no fim das contas o que importa de fato é o que acontece fora do Facebook, fora do universo online. Eu posso ter um baita engajamento no Facebook, as pessoas lembrarem da minha marca e no ponto de venda o consumidor escolher a minha concorrente. Nesse momento eu perdi. Outro número que muitos falam é o de que “70% das pessoas que curtem uma marca consomem”. Ok, um número muito válido mas já pararam pra pensar quantas dessas pessoas também curte uma marca concorrente do produto em questão? Isso significa que essa informação é inválida  e ,por si só, não diz muita coisa. Igual aos números no Facebook, somente eles não dizem nada.

.
Já faz tempo que eu bato nessa “tecla” de que se utiliza muito as famosas “métricas de vaidade” que indicam números expressivos para dar impressão de sucesso mas as informações são irrelevantes para se chegar a essas conclusões. Eu olhei o Google Trends para essas três marcas de refrigerante e a Coca-Coca na média é a mais buscada, depois vem Guaraná Antarctica e depois Pepsi Cola (resultados desde 2004 e se mantém constantes nos últimos anos, incluindo os que estão nessa fase do Facebook).

O interessante é que o termo que diz respeito a página do Facebook da Guaraná é a mais buscada nos termos relacionados a essa palavra. Isso me deixa uma dúvida: será que o engajamento é pelo refrigerante/marca ou por ter se espalhado que é uma página divertida? Os resultados todos me parecem de acordo com o histórico desse mercado no país, mas temos que lembrar que o Guaraná Antarctica ainda está no mercado de refrigerantes e não no de puro entretenimento.

Comente aqui

3 comentários em “O que significa o resultado da Guaraná Antarctica no Facebook?

  1. Comentar sobre umamateria que foi paga é perda de tempo. 😉 ( estou me referindo a materia do guarana nas redes) Acho interessante q as pessoas trabalham no ramos e nem se quer se tocam q a materia foi paga, chega a ser comico até.

  2. Comentar sobre umamateria que foi paga é perda de tempo. 😉 ( estou me referindo a materia do guarana nas redes) Acho interessante q as pessoas trabalham no ramo e nem se quer se tocam q a materia foi paga, chega a ser comico até.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *