Skip to main content

O marketing de oportunidade do Magazine Luiza

Um assunto que foi bastante repercutido na Internet nos últimos dias foi o tombo que a proprietária do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, sofreu enquanto carregava a tocha olímpica. Esse fato trágico ocorreu durante a passagem da tocha pela cidade de Franca, interior de São Paulo, cidade onde Luiza Helena nasceu e iniciou as atividades de uma das maiores redes varejistas do Brasil.

O fato pode até parecer trágico. Todavia, valendo-se desse acontecimento inesperado, o Magazine Luiza teve uma ideia bastante criativa. Trata-se da campanha #CairFazParte. Levando em consideração o burburinho em torno do tombo de Luiza Helena, a empresa “derrubou” os preços de vários produtos, ofertando descontos que chegam até 70%, além de frete grátis para várias regiões do país.

luiza

A ideia é um bom exemplo de marketing de oportunidade. O marketing de oportunidade acontece quando uma marca faz uso de um assunto bastante repercutido na internet e demais meios de comunicação para a criação de uma campanha/ação de marketing. Esse fato pode estar ou não diretamente relacionado a essa marca. Saber valer-se de um assunto bastante comentado para atrair a atenção dos consumidores e consumidores em potencial é o ponto central do marketing de oportunidade. Além de uma visão empreendedora, o marketing de oportunidade conta muito com o senso de humor da empresa.

Além de fatos relacionados diretamente a uma marca ou empresa, o marketing de oportunidade se vale também de uma data comemorativa pouco conhecida pelo público ou um acontecimento de relevância mundial, como a escolha de um novo Papa, como fez a Cerveja Crystal no ano de 2013. É enxergar um fato bastante comentado como uma oportunidade de atrair a atenção do púbico para sua marca, empresa ou produto.

luiza

Nas redes sociais, a campanha já atingiu mais de quatro mil curtidas e mais de trezentos compartilhamentos em menos de 24 horas de seu lançamento e é mais um exemplo de que para um marketing inteligente não existe tempo ruim. Melhor dizendo, não a queda que o derrube.

Comente aqui