Skip to main content
moda

A moda ditando o comportamento de consumo

Muito se fala que a moda dita o comportamento do consumidor, seja no modo de vestir, no jeito de usar os acessórios e até mesmo na forma pensar e agir.  Porém o que muita gente não pára para pensar é que de onde vem a moda? A moda é a tendência de consumo da atualidade, ela integra o simples fato de usar uma roupa ou acessório a fatores maiores, ela faz com que o indivíduo defenda uma causa, expresse sua opinião e diga ao mundo um pouco do que ele pensa e acredita.

Mas a dúvida inicial era: De onde vem a moda? A moda é uma tendência de consumo, porém esse consumo é impulsionado de alguma forma, nesse caso para que o ciclo rode é necessário um início, quem consegue ditar a moda? Quem nasceu primeiro? O ovo ou a galinha?

A moda faz parte de um pilar comportamental essencial para o consumo, além de abranger idéias, gostos e estilo, conseqüentemente isso gera vendas, receitas e ganhos para as empresas; a moda gera uma grande demanda de mídia espontânea; ela vende uma idéia que muitas vezes é até mais valiosa que a própria marca. Por exemplo, a maioria das pessoas que conhece a marca Chanel não tem nenhuma bolsa Chanel.

 

Estamos numa era em que o tempo da globalização passou e o mercado não comporta mais produtos “padronizados”. As pessoas buscam produtos que contem uma história, que digam algo. O genuíno é o novo luxo e baseado nessa afirmativa que a moda é construída.

Como a moda movimenta a economia ela precisa trazer referencias e despertar o desejo de consumo. Para despertar esse desejo ela precisa se basear no dia a dia, na história do tema que serviu de inspiração e em como as pessoas se relacionam com o meio. Uma boa tendência vem contando uma história vem com uma linha de raciocínio.

Não basta apenas buscar combinações diferentes ou copiar tendências internacionais, a moda é uma onda que vem e vai e ficar de fora pode não ser interessante para o negócio. A moda precisa ser compreendida para ser explorada e assim ser usada em prol do seu produto ou serviço.

Segue abaixo um vídeo muito interessante do estilista Ronaldo Fraga falando um pouco sobre esse consumo:

Comente aqui