Skip to main content
marketing tradicional x marketing digital

Marketing tradicional & marketing digital: tem diferença?

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, essas duas áreas, embora distintas na aplicação, se complementam – e por isso oferecem resultados incríveis quando bem aplicadas.  O sucesso de uma boa aplicação é baseado intrinsecamente na construção de um planejamento prático e ao mesmo tempo eficaz.

 

Para uma melhor compreensão do assunto, trouxemos alguns aspectos de cada um deles e até o final da leitura você estará criando seu planejamento baseando-se na fusão desses dois instrumentos.

Marketing Tradicional

Definição de Marketing para Philip Kotler: ciência e arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. Ele aponta quais os segmentos que a empresa é capaz de servir melhor, projeta e promove os produtos/serviços adequados.

É um equívoco pensar que o Marketing tem apenas como objetivo vender algo.

Marketing Digital

Essa modalidade pode ser encarada como uma extensão da tradicional, ampliando, melhorando e inovando suas ferramentas. Um exemplo disso é a quantidade de comércio presente no mundo virtual – característica da evolução dos métodos tradicionais.

Ao perceber essa nova tendência, meios de comunicação, empresas, instituições, agências publicitárias, profissionais autônomos e outros, invadiram a internet em busca de um espaço nesse meio tão promissor.

Com a capacidade de surpreender, o Marketing digital explora tudo o que existe de mais inovador com intenção de atingir seu público através desta grande janela para o sucesso da comunicação – o mundão da internet.

Algumas das praticidades encontradas nessa modalidade:

  • Interação;
  • Relacionamento amplo com os clientes;
  • Mobilidade;
  • Agilidade na comunicação e na solução de problemas;
  • Crescimento de oportunidades para quem busca trabalhar na área.

Com isso fica claro o quão importante um é para o outro. Equivoca-se aquele que menospreza o marketing tradicional achando que o digital irá superá-lo. Não se trata de concorrência, trata-se de adaptação. Uma vez que o mundo dos negócios criou asas e foi parar na internet é preciso que as ferramentas façam o mesmo. É por isso que estamos passando: momentos de evolução, melhorias, crescimento e, especialmente, flexibilidade.

Como você acredita que essas áreas possam se complementar? Responda nos comentários!

Comente aqui