Skip to main content
marketing-guerrilha

Marketing de guerrilha para pequenas empresas

Você já deve ter ouvido falar de marketing de guerrilha, mas se você é novo no assunto, seguem algumas explicações. Marketing de Guerrilha é o termo utilizado para caracterizar ações de marketing não convencionais, rápidas e que chocam o público. Este tipo de ação produz na audiência grande impacto e apresenta para a marca um dos melhores ROIs que campanhas de marketing podem alcançar. Isso, pois de maneira geral os investimentos nas ações são baixos, porém o impacto é alto. O termo Marketing de Guerrilha é baseado nas estratégias de guerrilha utilizadas em campos de batalha. Guerrilha é a tática que exércitos em menor número e com menos recursos utilizavam para surpreender seus inimigos. As ações eram rápidas e imprevisíveis.

Muitas empresas utilizam esta tática para atingir o consumidor e conseguir de vez um local em sua mente. Diversas empresas como Nestlé, Coca-Cola, RedBull e muitas outras usam esta forma de publicidade para interagir com o público.

No caso abaixo, o McDonald’s brinca com os consumidores de um drive–thru na Áustria. A ação ocorreu no dia da mentira (01 de Abril) e surpreendeu os clientes com a entrega de mais do que sanduíches. Confira abaixo:

[youtube

marketing-guerrilha-2

marketing-guerrilha-3

Mas e se você não é um gigante como o McDonald’s, como o Marketing de Guerrilha pode se aplicar ao seu negócio?

Muitas empresas se enganam, pensando que este tipo de estratégia é restrita somente às grandes empresas. Pelo contrário, táticas de guerrilha são ótimas para pequenas empresas, pois possui um custo muito inferior se comparado ao marketing tradicional.  O maior desafio é criatividade.

Ações pontuais e de grande impacto são ótimas, mas não são as únicas. Como é o caso do anúncio feito pela empresa de móveis e decoração Corona, na Colômbia. Veja abaixo:

marketing-guerrilha-4

Nesta ação, um simples anúncio de jornal captou a atenção do leitor ao imprimir um imagem em 3D representando a planta da cozinha anunciada. A ação foi criada por Felipe Salazar, diretor de criação da BBDO na Colômbia.  E mostra como muitas vezes o maior desafio não é orçamento, mas criatividade.

marketing-guerrilha-5

Mas se você ainda não está convencido de que Marketing de Guerrilha foi feito para o seu negócio, aqui vão algumas dicas:

1. Relacione-se com seu público:

Promova ações pontuais em seu bairro. Convide a comunidade a interagir com o seu negócio. Se você tiver uma sorveteria, por exemplo, e possuir um novo sabor a ser lançado, por que não realizar a distribuição desse novo sorvete em algum ponto movimentado do bairro? Ofereça às pessoas mais ofertas para quem visitar seu estabelecimento.

2. Tenha um bom relacionamento com a mídia local:

Você não precisa possuir um time de Relações Públicas para enviar material para imprensa local. Selecione materiais de eventos ou interação social nos quais sua empresa esteja envolvida e envie para jornais e revistas locais. A nova cara do seu site pode não ser notícia para esses veículos, procure enviar material que seja interessante para os leitores.

3. Seja comentado:

Estimule comentários sobre a sua marca. O ‘boca-a-boca’ é essencial no marketing de guerrilha. Abra canais de relacionamento e comunicação com seus consumidores e clientes. Esteja pronto para responder perguntas, sugestões e reclamações.

4. Construa parcerias com outras empresas:

Se você possui um pet shop, por que não obter parcerias em distribuidores de alimentos para animais ou roupinhas? Vocês podem unir forças para a realização de eventos junto à sua comunidade, gerando exposição para ambas as marcas.

5. Venda sem vender:

A intenção de ações de Marketing de Guerrilha é causar impacto no cliente, expor sua marca e, óbvio, aumentar as vendas. Mas as melhores ações deixam este último item em segundo plano. Para quem está participando das ações a interação e o momento devem ser o mais importante. As vendas virão como conseqüência.

Estas dicas aplicam-se para ações de rua, muito conhecidas dos comerciantes e varejistas. Tais quais, distribuição de brindes, panfletos, utilização de mascotes na porta da loja, etc. Tente renovar suas estratégias utilizando as dicas acima e não se esqueça de estar presente nas redes sociais. Marketing digital, também possui um baixo custo para as empresas e são ótimos aliados de suas estratégias de guerrilha.

Use as redes sociais para divulgar sua ação e convidar as pessoas a participar. Integre suas ações com o online, para manter vivo o evento. Você pode, por exemplo, oferecer descontos e ofertas exclusivas para quem participou de alguma ação. Ou estender a duração da campanha oferecendo mais uma chance para as pessoas interagirem com a marca através de concursos e sorteios. Você pode realizar um concurso de fotos no Facebook, pedindo para as pessoas enviarem suas fotos do evento. Sua ação de marketing de guerrilha é o início, continue cultivando seus clientes através de campanhas online.

Conclusão

Espero ter te ajudado a entender um pouco mais sobre Marketing de Guerrilha e como ele pode ajudar o seu negócio a se destacar da concorrência. Se você já utiliza estratégias de guerrilha, compartilhe conosco sua experiência. Basta comentar abaixo.

imagens: Creative Guerrilla Marketing

Comente aqui

Um comentário em “Marketing de guerrilha para pequenas empresas

Comentários fechados.