Skip to main content

Marissa Mayer: a esperança do Yahoo!

Nova CEO do Yahoo!, a norte-americana Marissa Mayer, aos 37 anos, se torna a maior esperança da empresa. Apesar de jovem, Marissa tem uma bagagem que explica o porquê de ter sido a escolhida para reerguer o Yahoo!. Foi a primeira mulher a ser contratada pelo Google, esteve entre os 20 primeiros funcionários da multinacional, e já apareceu numa lista como uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo!

A executiva é engenheira formada, e iniciou a sua carreira no Google como programadora, alcançando, logo depois, a vice-presidência dos serviços de geolocalização, além de se tornar responsável pela imagem de produtos de sucesso, como o Google Search, o Gmail, o Google News e o Google Images. Marissa conquistou a todos e desenvolveu a capacidade de tomar decisões importantes. Porém, certamente a sua maior decisão ainda estaria por vir…

Trocar o Google pelo Yahoo! e optar pelo desafio proposto, afim de construir o futuro da empresa. A tarefa não é simples, mas Marissa não está para brincadeira e nem quer perder tempo. No posto há apenas duas semanas, a executiva já começou a realizar algumas mudanças, e dar ao Yahoo!, uma nova cara. Por enquanto, Marissa está agindo apenas nas instalações do Yahoo!, repaginando os ambientes, por exemplo, tornando-os mais descontraídos.

Aos funcionários, ela pede: “Sigam em frente!”. Marissa declarou estar ansiosa para conhecer melhor os produtos do Yahoo! e colocar as suas ideias em prática, mas só depois de estar informada sobre tudo, garante, incluindo os projetos em andamento.  Por isso, pediu aos funcionários que não parassem os seus trabalhos e que se tivessem alguma dúvida, fossem até ela e pedissem a sua opinião. Se mostrando, assim, aberta à interação e determinada a motivar os funcionários da empresa.

Poderosa do Vale do Silício, a executiva foi muito bem recebida, pois aos olhos de todos, Marissa chegou para tirar a empresa de uma fase ruim, dando-a uma nova vida. Ela tem o Yahoo! nas mãos, e o Yahoo!, a tem como a sua grande esperança. Se essa junção dará certo ou não, saberemos com o tempo, e pelo jeito, muito em breve.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *