Skip to main content
agências

Fazer carreira em agências menores é um mau negócio?

A profissão que vamos seguir sempre nos cerca de dúvidas e angústias seja na escolha do que iremos fazer ou no ingresso às universidades e, principalmente, ao concluirmos a etapa universitária, onde, neste caso, nos damos conta de que não é o fim, mas apenas o começo de um longo desafio de construção da nossa carreira profissional.

Todo publicitário recém-formado, almeja e sonha trabalhar nas grandes agências do país e até fora, já que temos grandes exemplos de profissionais brasileiros bem-sucedidos, que alcançaram prêmios e reconhecimento internacional. Mas, será que esse é o único caminho para trilhar com sucesso a carreira de publicitário? Vejo exemplos de grandes nomes da propaganda, que após anos no mercado abriram mão de suas carreiras brilhantes para seguirem sonhos antigos ou mesmo para terem mais tempo com suas famílias e consigo. A verdade é que estar em uma grande agência e trabalhar com grandes contas é sim a maior forma de demonstrar sucesso profissional ao mercado, entretanto, será a melhor forma de satisfação interior?

 

Grandes trabalhos remetem a grandes responsabilidades e cobranças, onde na maioria deles, o salário não acompanha tal proporção – talvez isto não se aplique a cargos de VPs e Diretoria – remetendo a um questionamento ainda mais complexo: Minha remuneração é compatível com minhas responsabilidades? (esse debate ficará para um próximo texto) – sem falar ainda que, para trabalhar em grandes agências, você precisa estar alocado nos grandes centros, onde estão instalados enormes congestionamentos, imóveis caros, alta violência e etc.

Como funcionam as agências menores

Agências de pequeno porte adotam modelos e mecanismos de trabalho bem menos complexos, onde não existem secretárias e chefes te separando da Diretoria, já que nelas, em sua maioria, você convive diariamente com os donos, trocando insights, fazendo brainstorm e tomando o bom e velho café da tarde. Nesse sistema de trabalho você consegue ser visto por todos da equipe, onde seu trabalho é reconhecido por eles, sem que haja perigo da ideia criada por você ser “esquecida” de levar sua assinatura pelo responsável do projeto.

A real verdade de todo texto acima é que o sucesso está dentro de você, pois saber quais suas prioridades e entender onde está sua felicidade, é a chave que vai abrir as portas do lugar que realmente te fará ser bem-sucedido.

Comente aqui