Skip to main content
apps

Estou cansado de Apps

Sinceramente, às vezes não aguento mais aplicativos. Sério, para toda e qualquer coisa existe um aplicativo. Todo mundo pensa em um, quase toda marca quer ter um, e muitos criam alguns desses que vemos nas stores da vida de um celular. Certo, a gente cansa um pouco não é? Certo, mas você não se cansa dos comportamentos abusivos? Você está cansado de ser importunado na rua? Você está cansado do assédio?

 

Bem, eu estou. E nesse caso, abro uma concessão acerca de novos aplicativos. Muitas vezes somos movimos pelo ímpeto ou por uma coisa daquelas bem motivadoras e felizes. Mas o cansaço e indignação também podem despertar sua criatividade e ação.

Mais ou menos assim surgem aplicativos. Estamos cansados de perder certo tempo ou de demandar certo serviço de certa forma da qual não gostamos tanto. Estamos cansados de ver certas coisas como estão e sentimos uma necessidade de mudar aquilo. Necessidade, criatividade e ação. Ótimas palavras para o HelpMe.

apps

O app foi desenvolvido pelo brasileiro Renato Sanches, cansado de ouvir denúncias de abuso sexual no transporte público de São Paulo. O aplicativo visa justamente essas situações em um metrô, por exemplo, a vítima pode com alguns toques acionar o policiamento da via ou mesmo disparar uma sirene de alerta.

Ainda sobre necessidades, principalmente de mudança, surge o SaiPraLá. Catharina Doria, cansada de se sentir insegura ao andar nas ruas pensou em algo que fizesse diferença para ela e tantas pessoas. O aplicativo tem a proposta de desconstruir a normalidade do assédio nas ruas e mapear as áreas onde isso mais acontece. As vítimas podem fazer denúncias via app sobre o local onde ocorreu a situação e assim registrar os riscos do local para que possam ser trabalhados posteriormente.

apps
(legenda: visite a página)

Pensando bem, talvez estejamos cansados de ver sempre a mesma coisa. Precisamos de mudanças que impactem nosso dia a dia e que seja para algo realmente bom. Confesso que, vendo assim, até gosto de apps. Porque ninguém gosta é de ficar na pior, então que eles venham se for pra gente melhorar.

Comente aqui