Skip to main content
transplante de cabeça

E se o transplante de cabeça for uma estratégia publicitária?

Na semana retrasada, o site sobre games Kotaku publicou uma matéria na qual denunciava algo que já estava sendo discutido pelas pessoas na internet: será que a notícia do primeiro transplante de cabeça humana não passa de uma estratégia publicitária? No começo desse ano, o médico italiano Dr. Sergio Canavero anunciou que fará uma cirurgia em que a cabeça do paciente russo Valery Spiridonov será transferida para o corpo de um doador. O tema que, por si só, já se tornou polêmica e notícia em portais brasileiros e estrangeiros, também gerou controvérsia entre um grupo específico. Os fãs da franquia Metal Gear Solid, criada por Hideo Kojima, notaram muitas coincidências entre o médico europeu e os anúncios em torno do novo jogo, Metal Gear Solid V: Phantom Pain.

canavero
Médico que aparece em trailer de Metal Gear Solid V: Phantom Pain se assemelha com Sergio Canavero.

Já faz um tempo que a Konami tem divulgado trailers de MGSV, mas só mais recentemente foram estabelecer a conexão entre um dos personagens e Sergio Canavero. No vídeo, um médico bastante semelhante ao italiano aparece diante do protagonista Snake, que acorda em um hospital depois de um longo coma. Questionado, o cirurgião respondeu que não tinha nenhum contato com a empresa e que não havia autorizado o uso de sua imagem. Por conta disso, ele ameaçou processar a Konami, mas seu advogado aconselhou o contrário: é conhecido que um dos patrocinadores de um evento que Canavero participou no Chipre é um desenvolvedor de jogos. No entanto, os personagens do game são feitos a partir do escaneamento em 3D de atores, mas Canavero acredita que talvez tenham capturado essas imagens enquanto ele se apresentava no evento.

Segundo Gabriel Galliani, autor da reportagem publicada no site Kotaku, Canavero já é bem conhecido na Itália e tem publicado diferentes artigos na área médica há anos. O curioso é que ele já escreveu sobre membros fantasmas, ou melhor, a dor sentida em membros fantasmas (phantom pain diz respeito à sensação de dor proporcionada por uma parte amputada do corpo). Além disso, desde 2011, Canavero vem discutindo a questão do transplante de cabeça em artigos e congressos, enquanto que somente no ano seguinte Kojima confirmaria a produção do quinto jogo da franquia Metal Gear Solid. E, durante esse tempo, o roteirista japonês também fez declarações polêmicas como: “O próximo projeto irá desafiar um certo tipo de tabu. Se eu falhar, provavelmente terei que deixar o ramo. No entanto, eu não quero continuar evitando isso. Farei 47 esse ano. Já faz 24 anos desde que comecei a fazer jogos. Hoje eu tenho um aliado que me ajudaria de bom grado nessa empreitada. Mesmo sendo só uma pessoa. Para um começo, isso é bom.”

Ninguém soube dizer quem seria essa pessoa, mas também não se comenta muito sobre o transplante de cabeça sendo feito com mais nenhum apoio senão uma iniciativa solitária de Canavero – na verdade, ele tem tido problemas com patrocínio. Seu projeto, aliás, recebe o nome de “Heaven”, o mesmo título também usado no jogo como parte dos conceitos do personagem Big Boss, no que diz respeito à exploração feita em cima de soldados, por parte de diferentes governos. Fora isso, ambos estão, em tese, desafiando tabus da sociedade e, como Kojima menciona, isso poderia fazê-lo sair do ramo dos games. Pouco tempo atrás, um rumor de que ele teria sido demitido da Konami dominou as redes sociais, a partir de uma informação tuitada por uma dubladora. Mais tarde, ela mesma retificou que foi um mal entendido, mas vários outros eventos mantiveram a dúvida: ninguém da Konami apareceu em um famoso evento de games japonês, no qual Silent Hills e Metal Gear Solid: Ground Zeroes receberam prêmios. E, por falar em Silent Hills, que estava aos cuidados de Hideo Kojima e do diretor de cinema Guillermo del Toro, na semana passada também anunciaram que o jogo foi cancelado.

De qualquer forma, as coincidências continuam. Valery Spirodonov, o paciente russo que sofre de atrofia muscular espinhal (AME), tem o mesmo nome de um supervisor de games. Na realidade, um perfil no Xing, site de currículos semelhante ao LinkedIn, mostra esse cargo para o mesmo Valery que se candidatou à cirurgia. Vale mencionar que o russo é formado em ciência da computação, o que torna mais provável o fato de ele realmente ter trabalhado em um cargo como esse.

snake nigel
O braço prostético que aparece no jogo Metal Gear Solid V se parece com a prótese utilizada por Nigel Ackland, um homem que se envolveu em um acidente de trabalho.

Apesar de a questão da “dor fantasma” ter mais a ver com o braço que o personagem Snake teria perdido, muitas das campanhas em torno do jogo estabelecem uma conexão com um transplante de cabeça que poderia ter acontecido em Metal Gear Solid V. Em um dos trailers, é possível encontrar o personagem Kaz com a cabeça completamente enfaixada, enquanto que Kojima também apresentou um modelo semelhante em um evento. No caso, a prótese usada por Snake também traz novas conexões, já que se parece muito com um dos modelos mais avançados e que é usado por Nigel Ackland. Ele, aliás, também tem uma foto com Val Spirodonov, apesar de o russo ter afirmado em um tweet que o encontro aconteceu mais como um estudante abordando uma celebridade.

Tanto Spirodonov quanto Canavero negam qualquer relação entre o procedimento cirúrgico e o jogo Metal Gear, mas em um primeiro momento, o médico atentou para as vantagens de ter um desenvolvedor de jogos interessado em seu projeto. Em entrevista para a Kotaku, Canavero disse: “Para ser completamente sincero com você, isso não é uma coisa ruim. Como meu projeto precisa de muito dinheiro, Kojima poderá dizer que ele fez parte do HEAVEN apesar do fato de ele nunca nem ter pretendido.”

hideo kojima
Hideo Kojima tirando uma máscara inspirada em um conceito do jogo.

Quando soube que a estimativa de venda do jogo é de quatro milhões de unidades, sendo que cada uma custa 60 euros, Canavero riu. “Uau! Sessenta euros? Multiplicados por 4 ou 5 milhões? Isso poderia cobrir toda a operação de Valery e ainda mais! Nós estamos falando de uma quantidade insana de dinheiro!”. Nesse sentido, o médico parece estar até grato pela repercussão de seu projeto estar vinculada a um jogo popular. “É simplesmente surpreendente que, apesar de estar viajando por todo o mundo, me apresentando em mais de 300 conferências médicas sobre o que poderia ser a maior conquista médica da história, eu me sinto agora no pico da minha popularidade graças a um jogo de vídeo game… um jogo que  nem sequer estava envolvido nisso”, disse em entrevista para a Kotaku.

Tudo ainda está em aberto, mas ambas as possibilidades são incríveis: tanto se a operação for realmente verdadeira quanto se for uma manobra publicitária. Se a última for a verdadeira, então estaríamos diante de um caso provavelmente inédito dentro da publicidade, com uma abrangência e estimulação do imaginário popular semelhante à transmissão radiofônica A Guerra dos Mundos feita por Orson Welles, em 1938, mas que se apoia também nos memes – um recurso bastante utilizado na franquia Metal Gear. O que nos resta é esperar pelo desdobramento e observar as estratégias utilizadas por Hideo Kojima.

Diretor do estúdio Moby Dick, responsável pelo jogo Metal Gear Solid V: Phantom Pain, em uma entrevista na qual aparece com a cabeça enfaixada.

Comente aqui