Skip to main content

E lá vem a Vivo de novo

E a Vivo ataca novamente. Semana passada eu já havia escrito aqui sobre outro caso de equivoco desta mesma operadora, porém o caso anterior não atingia tão diretamente o consumidor (ficou curioso? leia aqui). Se vocês observarem na imagem a baixo, a Vivo demonstrou despreparo, e um grande descaso com seu consumidor.

E aqui vai uma pergunta básica: Do que adianta grandes ideias e grandes campanhas publicitárias se as empresas não se preparam e nem se preocupam com seus clientes? Eu digo empresas, porque quem acompanha as redes sociais já deve ter notado a quantidade de reclamações que nossos próprios amigos fazem.

Qualquer tipo de empresa deveria pensar amplamente em seu negócio, e não somente em “vender” uma imagem linda e maravilhosa. Elas devem lembrar que não ditam mais ao consumidor se elas são boas ou não, agora quem dita as qualidades, defeitos de uma empresa somos nós consumidores.

Comente aqui

4 comentários em “E lá vem a Vivo de novo

  1. Voces estão achando isto estranho?Irracional? Hilario? ou outra coisa qualquer?
    Experimente assinar um plano da NET e ai sim, voces vão ver o que é bom para tosse.
    Esta tal de NET põe, em materia de mal atendimento,descaso com clientes,desrespeito,etc, qualquer outra empresa do genero , no chinelo.

  2. olá Camila, bom venho aqui defender a empresa na qual trabalho. Sou consultora de venda da vivo e pelo o que eu vejo esse funcionário é apenas um caso a parte, nesse ocorrido a cliente acabou pegando um funcionario que no caso o mesmo nao estava mais interessado em continuar na empresa mas também nao tinha coragem de pedir demissão e achou que fazendo isso iria ser demitido, no caso ele ate conseguiu mas por um motivo pior que no caso tenho certeza que foi justa causa. Enfim, não é porque apenas um funcionario agiu dessa forma que a empresa e o restante dos funcionarios devem ser crussificados. Sempre tentamos resolver os problemas dos clientes mas infelizmente nada é perfeito na vida, nem msm nós.

    1. Com certeza Bárbara, mas acho que situações como essa devem sempre ser evitadas ao máximo, pois hoje qualquer equivoco gera uma grande repercussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *