Skip to main content

Do seu perfil, um currículo

“Você é o que você compartilha”: teoria levada a sério pelos empregadores. Sempre fui defensora dos que utilizam as redes sociais para compartilhar conteúdo relevante, mais do que para contar o que vai fazer no próximo minuto. É claro que publicar o que bem entender no perfil é de total liberdade de todos, mas o bom senso é sempre bem-vindo, até porque nunca se sabe quem está de olho.
Da mesma forma que nós, estudantes, analisamos os perfis das agências antes de nos candidatarmos às vagas oferecidas por elas, empresas também estão buscando as melhores ofertas de pessoas nas redes sociais, e a avaliação leva em conta o que o possível candidato anda compartilhando, sim! Colocando em números para entender melhor: 32% dos empregadores usam dessa prática, e 11% pretendem começar a usar.

Os dados veem de um infográfico criado pela Online Colleges para expor o porquê de fazer do seu perfil, um currículo, e dá dicas para criar uma vitrine legal, como estar ligado às novidades, causar uma boa impressão (por isso a importância de estar sempre publicando coisas interessantes, já que a primeira é a que fica), e é claro: ter presença! Atualizar com frequência é um ponto positivo na hora da contagem.

Ficou curioso para ver as demais dicas? Basta conferir o infográfico: 

Infográfico Social Searchers

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *