Skip to main content
devassa-negra

Devassa pode pagar até R$6 milhões por propaganda abusiva

A cervejaria Kirin, dona da marca da Devassa, está sendo processada pelo Ministério da Justiça e pode ser condenada a pagar até R$ 6 milhões de multa por um anúncio veiculado em 2011 e 2012 da cerveja Tropical Dark que foi considerado abusivo.

O anúncio traz a ilustração de uma mulher negra, em pose sensual, com um vestido de gala e com as costas abertas, junto à mensagem: “É pelo corpo que se conhece a verdadeira negra”. A peça desencadeou uma série de reclamações relacionadas a racismo e machismo pela comparação entre a mulher negra e os ingredientes da cerveja e deu origem a uma petição pública para retirada da campanha, que foi suspensa pelo CONAR.

A maior parte das cervejarias abandonou o discurso da mulher “gostosona” e passou a representá-la de forma mais ativa, como uma consumidora de bebida, o que de fato é verdade, como comprova o estudo IBGE 2012, que mostra que elas são responsáveis por 24% do consumo da bebida no país.E, mesmo diante de tudo isso, ainda tem gente na contramão, apostando no antigo.

Abaixo um exemplo do antigo modelo de comunicação: O baixinho da Kaiser foi um case de sucesso. Ele era um homem “comum” baixinho e barriga de chopp, mas que por escolher a Kaiser conseguiu ficar com a mulher bonita, no caso, Karina Bacchi

 

Comente aqui

3 comentários em “Devassa pode pagar até R$6 milhões por propaganda abusiva

  1. Se eles tivessem trocado a palavra “Corpo” por “Copo” (Recipiente cilíndrico e sem asas, usado para beber)!!!! Sinceramente, tudo no Brasil tudo é ofensa.

  2. Aff, nada a ver. Em que ponto chegamos, não vi nada demais no anuncio.
    Hoje em dia, não se pode chamar o negro de negro, o gay de gay, a feminista de feminista. Daqui a pouco vou começar a processar quem me chamar de hétero, e latino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *