Skip to main content
crianças

As crianças e a tecnologia

Antigamente as crianças brincavam de boneca, jogavam futebol com os seus amiguinhos na rua, tinham uma infância ativa com brincadeiras e em grupo rodeadas de aventuras, atualmente a infância das crianças é completamente diferente da infância que seus pais viveram, nos dias de hoje as crianças ficam em suas casas reféns da tecnologia.

Desde muito pequenas, já podemos ver crianças com uma relação muito íntima com tablets e smartphones. Há relatos de crianças de apenas seis anos de idade que lidam muito melhor com a tecnologia que muitos adultos que tem por aí. Um exemplo prático disso: é que antigamente para aprendermos a lidar com os computadores, muitos de nós tivemos que fazer curso para lidar com essa tecnologia. As crianças de hoje, muitas vezes aprendem a mexer com o computador desde pequenas e sem precisar de curso para tal.

As crianças de hoje em dia tem um raciocínio muito mais rápido que as crianças de gerações anteriores, pois são estimuladas desde muito cedo a descobrirem um mundo novo através da tecnologia, entretanto se a tecnologia traz o benefício de uma geração com um raciocínio mais veloz em contrapartida essa mesma tecnologia traz uma geração mais retraída e menos criativa, pois as crianças muitas vezes atualmente brincam sozinhas em suas casas, somente com o seu tablet, computador ou smartphone sem um contato com outras crianças.

O contato com outras crianças é extremamente importante para a formação da personalidade de uma pessoa, já que com a troca de experiências e valores que compartilhamos com os nossos colegas, podemos modificar o nosso comportamento, aprendendo coisas novas e fazendo novas amizades, viver em grupo é primordial para a espécie humana.

Além disso, desconectar de vez em quando as crianças do mundo virtual para o real através de brincadeiras tradicionais (pega pega, esconde esconde, brincar de casinha etc.) é fundamental para desenvolver o lado criativo delas, pois as crianças de hoje em dia são muito lógicas (exatas) por causa das estratégias que desenvolvem para vencerem os jogos virtuais, dar espaço para elas criarem sem nenhum propósito, só por diversão é fundamental para desenvolver a criatividade delas.

Usar a tecnologia com equilíbrio na infância das nossas crianças é um grande desafio, deve-se equilibrar a presença do mundo virtual na vida delas, para que o virtual não supere o real e elas deixem de viver o que realmente importa que são as experiências que a vida pode proporcionar. Equilíbrio é a chave, equilíbrio é o grande desafio e equilíbrio é a palavra chave para o desenvolvimento de nossas crianças.

 

 

 

 

 

 

Comente aqui