Skip to main content
Kibon | Corrente da Felicidade

Corrente da felicidade

A Kibon surpreendeu lançando uma ação de guerrilha onde ela paga o sorvete ao consumidor. Em parceria com a New Content e a Fbiz, a marca instalou câmeras em uma loja de conveniência de São Paulo para saber quais os clientes que estavam comprando sorvete. Ao chegar no caixa para pagar, surpresa: o cliente era informado que o seu sorvete foi pago por uma outra pessoa (anônimo). O resultado foi excelente: 97% das pessoas que participaram da corrente da felicidade compraram um sorvete para alguém que nunca viram na vida.

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.

7 comentários em “Corrente da felicidade

  1. Nesse mundo de consumismo, nada mais justo que manipular alguém, implicando que a felicidade está no sorvete e que a vida é doce..seria legal se bolassem uma guerrilha para mais educação e dissernimento, por exemplo….

  2. Rapidamente falando, minha opinião é que na verdade se o primeiro picolé foi pago pela Kibon, e mesmo assim a primeira pessoa PAGOU um picolé pra alguem, essa mesma pessoa n saiu ganhando nada, a nao ser a verbalizaçao de q ela GANHOU. Porém, como ela pagou, no fim fica elas por elas, e ninguem ganha nada, só abriu a caixinha do balão. Agora, ok, deu certo, todo mundo ficou feliz, etc.

    PS: A pessoa só nao estastaria doando picolé se escolhesse qual o sabor que ela gostaria de compartilhar. A matemática é estranha.

  3. Eu chorei e chorei muito!
    A minha história de vida amorosa é baseada nisso, “A felicidade só existe quando é compartilhada”.

    Parabéns enorme às agências criadoras!

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *