Skip to main content
correndo

Correndo atrás

correndo
Com o boom gerado nas mídias sociais e internet, a Pepsi decidiu correr atrás e tentar limpar sua imagem ressarcindo os consumidores. A marca irá entregar uma caixa da bebida para as pessoas que entraram em contato com o SAC e outros canais, como supermercados participantes.
O nosso desejo com a iniciativa “Pode Ser Pepsi em Dobro” era mobilizar o consumidor para experimentar Pepsi. Por isso criamos uma ação diferenciada no segmento de bebidas. Certamente o nosso desejo se concretizou e o consumidor nos disse “pode!”, afirmou Luciana Fortuna, diretora de Marketing da Pepsi.
O PROCON-SP notificou ontem a Pepsico a prestar esclarecimento sobre a ação que foi promovida nos estabelecimentos onde a promessa era entregar ao consumidor mais uma unidade de Pepsi no momento da compra. A empresa terá que esclarecer qual a quantidade de produtos foram destinados aos pontos de venda e como pretende atender os consumidores que não conseguiram fazer sua comprar de acordo com a promoção em destaque.
O Grupo Pão de Açúcar, aquele mesmo que estava distribuindo Coca-Cola no lugar da Pepsi, devido a falta de estoque, se pronunciou em jornais e TV lamentando o problema:

“Pode ser que você não tenha encontrado sua Pepsi no Pão de Açúcar. Comunicamos que devido ao grande sucesso da promoção ‘Pode ser Pepsi em Dobro’, nossos estoques dos produtos da linha Pepsi acabaram antes do esperado. Lamentamos o fato ocorrido e qualquer transtorno que tenhamos causado aos nossos clientes. Obrigado pela compreensão.”

A AmBev informou que o estoque para às vendas dessa ação são equivalentes a 30 dias e que não esperava essa procura tão grande. Ainda sim, a mesma fez questão de deixar claro que a promoção duraria apenas enquanto durasse o estoque.
Isso é lamentável demais, pois a fabricante está se comportando como um garotinho que fica de castigo por cometer alguma travessura e para poder se livrar desse erro, precisa fazer uma boa ação. Só espero que a Pepsi ou qualquer outra marca não tratem o consumidor como um mero ignorante sem voz de expressão.
*Alguns trechos foram retirados do site Promoview

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *