Skip to main content
proposta de emprego

O que avaliar antes de aceitar uma proposta de emprego?

Mesmo o momento sendo um pouco inoportuno, pois estamos em um momento desfavorável na economia com altos índices de desemprego, escrever sobre o que avaliar antes de aceitar uma proposta de emprego é apropriado, já que muitas vezes por ansiedade ou até desespero caímos em algumas armadilhas profissionais.

Aceitar uma proposta que ao passar do tempo se revela uma verdadeira furada pode acontecer na carreira de todos nós. Entretanto, estar atento a alguns sinais e tomar algumas atitudes antes de dizer o “sim” para o seu futuro empregador, pode minimizar o risco de cair em uma armadilha.

Antes de aceitar qualquer proposta de emprego é de extrema importância pesquisar sobre a empresa que está planejando trabalhar, procure o site da empresa, pesquise nas redes sociais e veja se a empresa é uma organização idônea ou não. Aceitar uma proposta sem fazer essa “pesquisa” pode ser extremamente arriscado é como dar um tiro no escuro.

 

Além disso, conversar com pessoas que trabalharam ou trabalham na organização é recomendável, já que com isso você terá uma visão mais realista da rotina e dos valores do lugar que se planeja trabalhar, pois uma coisa são os valores e a missão descritos no site da empresa, outra coisa bem diferente são valores e rotinas aplicados no dia a dia da entidade.

Outra medida recomendável é fazer uma pesquisa nos sites de busca, procurando notícias de eventuais escândalos envolvendo a organização, através disso você terá uma noção de como os meios de comunicação “enxergam” a entidade.

Adotando essas medidas, você aceitará qualquer proposta de maneira mais segura, já que saberá (mais ou menos) em que entidade estará ingressando. Entretanto, há uma atitude que é fundamental para aceitar qualquer proposta de emprego e essa atitude é: Se auto conhecer, ter um propósito, saber quais são os seus valores, suas preferências, essa atitude é fundamental, já que conhecendo a si mesmo, você saberá identificar de maneira mais clara se tal organização está dentro das suas preferências (de acordo com quem você é) e de quem você deseja se tornar.

O autoconhecimento parece uma coisa básica, porém em uma sociedade tão inquietada e agitada como a nossa, muitas pessoas acabam prestando a atenção em várias coisas e deixando de lado a coisa mais importante, elas mesmas. Por isso, antes de adotar qualquer uma das medidas mencionadas, olhe para si mesmo e veja se a organização que lhe propôs uma oportunidade é a entidade em que você realmente deseja trabalhar.

Comente aqui