Skip to main content
apple

Apple anuncia briga com o Spotify

Com a asserção dos serviços de streaming de música tomando conta dos dispositivos dos usuários em todo o mundo, a Apple anunciou após a compra da Beats (há um ano a famosa empresa de fones de ouvidos foi vendida à Apple por 3 bilhões) que está prestes a relançar sua plataforma de assinatura de música via streaming, o iTunes Radio.

A Apple quer retomar a liderança do mercado da música web

A famosa marca da Maçã tem um bom motivo para se preocupar: Hoje em dia praticamente todos os usuários estão conectados em algum serviço de streaming, o Spotify vem ganhando uma atenção maior da empresa, já que seu crescimento acentuado é visível, você ou algum amigo certamente estão no programa criado na Suécia em 2011 e que já conta com 15 milhões de assinantes pagantes e 45 milhões que usam a versão gratuita. Já a Apple tem mais de 80 milhões de contas de clientes.

Até aqui tudo bem, quanto mais serviços streaming melhor, a concorrência toma forma e quem ganha somos nós, usuários. Mas o revelador é que supostamente o preço do streaming da Apple será um dos mais caros dos serviços rivais.

Matérias anunciam que a Apple perdeu o poder de negociação com o setor da música, embora no passado tenha desfrutado de um enorme poder de contrato, a concorrência agora existe, assim como a frustração do fim da hegemonia de dar forma ao mercado também.

Ainda não está claro como a Apple irá operar para competir com o Spotify, mas há um protótipo parecido com o da Beats Music sendo produzido, mas tudo com a cara clean dos produtos da empresa. O serviço poderá incluir playlists organizadas por convidados e um apelo visual mais intenso, mas a diferença mesmo estará no bolso, não haverá versão gratuita.

Que comece a briga! Eu, por enquanto, não largo meu Spotify por nada! E você?

Comente aqui