Skip to main content
youtube flash player

Adeus, Flash Player. Olá, HTML 5

Pois é, o inevitável finalmente aconteceu: o YouTube substituiu o Flash Player por um reprodutor de vídeos feito em HTML 5, depois de anos de experimentos e testes com o novo recurso.

Flash player
Acima: HTML 5 player. // Abaixo: Flash player.

O recurso foi capaz de reduzir em 50% o buffering mundial, “e em quase 80% em redes altamente congestionadas”, segundo o site – o que explica a necessidade do suporte por parte da tecnologia até então deixada de lado. Além de livrar um pouco mais os usuários do uso do Flash, a adoção do HTML5 ainda permitirá o uso do codec VP9. O pequeno software faz com que vídeos de maior resolução exijam menos banda para rodar (uma redução perto de 35%), o que talvez signifique menos dificuldades na execução de clipes em 4K e a 60 frames por segundo.

 

Sem mencionar que agora é possível ver vídeos sem problemas nos smartphones e tablets. Antes, existiam problemas por conta da plataforma obsoleta e fechada.

Em 2015, o YouTube percebeu que utilizar o Flash não é a melhor solução para reprodução de vídeos.

Mudanças válidas também para as publicidades em Flash

Sabe aqueles banners que aparecem nos sites e portais? Em formato quadradinho, ou mais comprido, e também os que você tem que passar o mouse por cima para interagir com ele. Então, esse tipo de publicidade é feito com Adobe Flash, logo, utiliza o Flash Player para ser reproduzido.

No começo do mês de julho, responsáveis deste departamento (publicidade digital) do Google entraram em contato com as agências, terceirizados e demais interessados no assunto para anunciar as mudanças em relação à publicidade veiculada no site como veículo.

Para evitar que os anúncios de seus clientes sejam automaticamente pausados, recomendamos que você migre os anúncios que estão em Flash para HTML5 antes de Setembro. Ao utilizar HTML5 você estará maximizando o alcance/performance e fará com que seus criativos funcionem bem na Rede de Display do Google em diversos navegadores e devices.

Lembrando que o Google possui a sua própria ferramenta para criação de anúncios em Flash+HTML 5, digamos assim. Chama-se Google Web Designer.

Comente aqui

Fernanda Landim

Formada em Publicidade e Propaganda, nerd e apaixonada pelo Canadá. Durante algum tempo estive perdida sobre que área da Publicidade deveria focar. Decidi explorar um pouco de cada.