Skip to main content
marketing

7 tendências de marketing de conteúdo que estão fazendo a diferença

Finalmente começo a enxergar uma esperança para um futuro próximo. As empresas estão incluindo o marketing de conteúdo dentro de sua estratégia.

Pode parecer exagero, mas o marketing de conteúdo ainda é o rei. Ele é a peça fundamental para uma estratégia de negócios online. As empresas consideram o Inbound Marketing mais eficaz e, atualmente, o principal fator que determina o posicionamento nos buscadores. Mas será que funciona com qualquer tipo de conteúdo? O que devemos saber para otimizar nossa estratégia?

 

Para ter uma noção sobre o assunto, decidi escrever sobre sete tendências de marketing de conteúdo que estão dando o que falar no mercado.

1. As empresas incluíram o marketing de conteúdo nas suas estratégias, mas de forma generalizada

Temos a ciência que fizemos um esforço tremendo para que as empresas saibam da importância do conteúdo na estratégia de marketing, somente no ano passado elas começaram a recorrer aos nossos apelos, decidindo implementá-lo.

Segundo o CMI ~Content Marketing Intitute~ mais de 60% das empresas utilizaram o marketing de conteúdo para melhorar a sua presença online e assim chegar ao seu público-alvo com mais eficiência. O estudo do CMI também indicou que 93% das empresas B2B estão usando o marketing de conteúdo como parte de sua estratégia global. Além disso, o planejamento influencia os resultados desses esforços, já que 44% dessas empresas já tem uma estratégia completa de marketing de conteúdo.

2. O conteúdo otimizado para mobile sai na frente com ampla vantagem

Os smartphones são considerados os dispositivos mais usados quando o assunto é o acesso à internet. Atualmente o número de pesquisar realizadas através de um celular já supera as pesquisas realizadas em um pc. Esse consumo irá crescer cada vez mais nos próximos anos #fato.

As empresas precisam otimizar o seu conteúdo para dispositivos móveis ou então ficarão para trás. Segundo a eConsultancy, apenas 1 em cada 4 empresas tem uma estratégia de marketing de conteúdo mobile. 45% das marcas só tem um site tradicional, apenas com versão para desktop, enquanto 27% tem um site adaptado para o ambiente móvel.

3. O gestor de conteúdo torna-se um profissional mais exigente

Cada vez mais presentes nas empresas, a estratégia de conteúdo necessita de um profissional de conteúdo com a capacidade de projetar ações consistentes com os objetivos da empresa, analisando os resultados e que tire conclusões sensatas a fim de melhorar o desempenho da mesma.

4. Ele criou uma indústria em torno da geração de conteúdo

A alta demanda das empresas para alimentar sua estratégia levou ao surgimento de empresas de gestão de conteúdo que atendam às necessidades das empresas, garantindo a qualidade e o conteúdo profissional.

Porém, vejo aí um lado negativo, muitas empresas surgiram consequentemente não realizando um trabalho de excelência, fazendo com que a profissão perdesse o brilho tornando-se ~prostituída~ devido à baixa qualidade dos seus serviços aliada ao baixo custo dos mesmos.

5. A automação é incompatível com o conteúdo de qualidade

A criação de conteúdo é um trabalho caro, que consome recursos, tanto financeiros como de pessoal. Portanto, automatizar o conteúdo ou encontrar maneiras de obter conteúdo de preço baixo não são te todo rentável. Estas técnicas exigem um grande esforço no monitoramento, otimização e monitoramento constante para se obter um resultado positivo.

6. As plataformas sociais ajudam a aumentar a visibilidade do conteúdo

As empresas descobriram o poder das ferramentas de mídias sociais para aumentar o impacto do seu conteúdo. No entanto, a euforia foi tanta que esqueceram de uma plataforma excelente: o Slideshare. De propriedade do LinkedIn, o Slideshare é uma importante fonte de conteúdo de qualidade, facilmente indexável e que proporciona estatísticas úteis sobre o alcance do seu conteúdo.

7. O conteúdo geolocalizado impulsiona a conversão

Uma das maneiras mais eficazes de impactar o seu público-alvo é proporcionar conteúdo relevante. A capacidade de fornecer uma mensagem em tempo real, justo no momento que o usuário faz uma busca de algo relacionado com seu interesse, incentiva a conversão e contribui para melhorar a experiência do cliente com sua marca.

Como podemos ver, podemos concluir que no geral houve um aumento significativo da valorização do profissional de marketing de conteúdo. Esse avanço será fundamental para que as empresas reforcem o investimento nesta área.

Espero que vocês tenham gostado do texto e que coloquem suas opiniões nos comentários. Não esqueçam de compartilhar com seus amigos, principalmente aqueles que são da área de marketing de conteúdo.

Abraços e até a próxima.


Fonte: medium.com/@thiagoacioli

 

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.