Skip to main content
fanpage

5 dicas para aumentar a efetividade de sua fanpage

Desde do boom do Facebook em 2007,  as mídias sociais vieram para preencher um campo de intimidade com o cliente raramente visto. A mídia social é a combinação ideal entre marcas e amigos, que diariamente vivem em um espaço criado para gerar conteúdo e interagir como nunca antes visto.

Essa interação deve ser bem gerida. Tanto é que em pouco tempo surgiram os “Community Manager” ou pseudos especialistas de contas de Twitter e Facebook, que se tornaram muito populares lidando com grandes quantidades de clientes potenciais.

A tarefa não é tão simples. Quem pensa que basta apenas fazer um upload de foto está errado. Para fazer isso vou descrever cinco dicas de como manusear fanpages maciças, que eventualmente podem se tornar em espadas de dois gumes, mas são tratadas com extrema cautela e cuidado.

1. Transforme sua marca em um amigo

Nunca se esqueça que você está nas mídias sociais. As pessoas que entram estão predispostas a ter um relacionamento bom, descontraído e leve ao mesmo tempo. Não porque elas são muito mais receptivos à sua mensagem, sim, desde que sejam contextualizados ambiente. Neste caso, você deve personalizar a sua marca, fazer com que ela seja assertiva, contingente, e interessante. É importante entender que a criação de vínculos emocionais com seus clientes potenciais, aumentam as chances de que você seja recomendado.

2. Não procure ligação de sua marca com todas as contingências

Erros conhecidos de alguns gestores digitais que procuram a todo custo encontrar um link contingente com a sua marca. Evite falar da sua marca juntamente com algum interesse para as catástrofes, acidentes ou eventos que possam ter usuários sensíveis. É melhor ficar em silêncio sobre certas situações. Um exemplo claro do uso indevido de julgamento, quando divulgam uma oferta ou um novo modelo de jeans quando usado logo após o terremoto em Iquique (Chile).

3. Não sobressatures informação

Não há nada pior do que um amigo, que fala e fala e fala. Se isso acontece com você, por que você não acha que sua marca pode cair igual ou tão ruim quanto este tipo de caso? Entre 3 e 5 mensagens por dia será suficiente para comunicar o que você tem para se comunicar. Seja seletivo sobre o que você postar e impeça que você gere dois ou mais publicações em um intervalo curto de tempo. Normalmente, ao meio-dia, depois do almoço e entre as 19h – 21h é o horário com maior interação. Nesse horário, as chances de alcançar melhores resultados são bem maiores.

4. Saiba mais e pergunte

As mídias sociais não são apenas um meio de aumentar as promoções de sensibilização ou de novos produtos. As pessoas gostam de ouvir, ler e entender o que seus clientes querem e buscam. Use enquetes, curiosidades e tente interpretar os comentários. Pergunte a eles o que eles pensavam a última promoção? Descubra se você gostou do último sabor de sorvete que você quer lançar. Pergunte-lhes se parece bom o atendimento que estão recebendo em sua loja. Tente obter argumentos qualitativos ricos e valiosos sobre seus produtos. Isso pode levar a uma maior geração de semelhanças entre o que você produz e o que você quer comprar.

5. Criar a identidade da marca e não só os seus produtos

Normalmente, o valor da marca está subvalorizado entre executivos de empresas comerciais e seus resultados são muitos poderosos a médio e longo prazo. Se eu tiver que dar um conselho, vende menos “produto” e vender mais marca, vamos criar valor e aumentar o seu sex appeal, fazendo-lhe comparações mais profundas entre o seu público e aumentando a relevância, transformando a venda de seus produtos muito mais natural e menos caro.

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.