Skip to main content
eventos

4 dicas para sua apresentação em eventos

O ano está apenas começando. E, com ele, a temporada de eventos corporativos. Relacionamento, resultados dos anos anteriores, metas, planejamento. Os propósitos e objetivos desses eventos são muitos e variados. A única coisa em comum entre eles é que, inevitavelmente, todos terão apresentações audiovisuais – quase todas em PowerPoint. Infelizmente, muitas parecerão chatas, outras intermináveis e algumas ainda serão chatas e intermináveis.

Mas realmente precisa ser assim? Não. Especialistas da SOAP – State Of the Art Presentations, explicam que o primeiro questionamento necessário é: qual informação você quer passar? Acredite, mesmo em apresentações de resultados e metas, cheias de números e dados há um objetivo único, uma ideia central a ser transmitida. “Fomos bem este ano!”; “As metas serão maiores ano que vem”; “Quem alcançar os resultados anuais terá uma bonificação”.

Abaixo, seguem algumas dicas da SOAP de como estar sempre pronto para apresentar uma ideia em qualquer situação:

1. Defina os objetivos e mensagens chave da sua apresentação e organize as ideias.

Se você já identificou o objetivo da apresentação, considere agora o seguinte: é possível contar uma história a partir dos dados disponíveis? Calma, seja modesto! Preocupe-se apenas em apresentar o conteúdo de modo organizado, com uma linha lógica: começo, meio e fim.

Agora, se, além de apresentar de forma interessante um assunto, você realmente quer se diferenciar dos outros palestrantes, anote aí: eleja um tema! Nada mais impactante do que construir uma apresentação a partir de um tema, com personagens, clímax, etc.

2. Conte uma história

Pessoas se conectam com histórias, personagens e situações nas quais se identifiquem. Ao definir tema e uma história a ser contada, é hora de traçar um roteiro interessante para evitar que nenhum dado importante fique de fora. Sua apresentação será um grande momento corporativo e o conteúdo apresentado ficará na memória das pessoas por muito tempo. E, que fique claro, esse é o resultado a ser alcançado.

3. Pense no visual da apresentação

Quer um exemplo? Em uma apresentação de resultados anuais de uma grande empresa de cosméticos, o tema escolhido foi o Oscar. No dia do evento, os apresentadores trajavam smoking (os homens) e vestido (as mulheres, claro). Os melhores vendedores do ano receberam réplicas da famosa estatueta. A criação visual dos slides era toda em cima desta temática e os capítulos foram divididos em categorias como “melhor performance de vendas”, “maior vilão (os concorrentes, claro) e “melhor lançamento do ano” (para novos produtos). A apresentação foi um sucesso de público. Ou seja, para complementar o tema escolhido para sua apresentação, abuse da decoração, figurino, objetos. Crie uma boa ambientação sobre o tema escolhido.

4. Treinar, treinar, treinar

Agora a questão final. Roteiro e história definidos. Questões visuais e de ambientação escolhidas. O que falta? A etapa mais importante: o apresentador. Somente com seu discurso bem ensaiado é que você irá capturar a atenção da audiência e, acima de tudo, transmitir segurança sobre aquilo que está falando.

Um bom treino, em ambiente controlado (ex: sala de reunião) é a garantia de uma apresentação eficaz. Uma boa apresentação depende quase que exclusivamente do apresentador, mesmo sem nenhum apoio audiovisual ou ambientação.

Se achar válido, chame colegas ou pessoas da sua equipe e faça uma simulação. A primeira evidência de que seu PowerPoint poderá ser bom é se o roteiro funciona só no discurso. Afinal, quem convence e conquista a confiança é o apresentador. O apoio visual deve servir apenas para ajudar o apresentador a ser mais didático e aumentar a chance de retenção da atenção.

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.