Skip to main content
consumidores

3 dicas para conquistar a simpatia do seu consumidor

A maioria das empresas estão cientes de quão importante é conhecer seus consumidores. E, no entanto muitos não levam tão a sério este quesito. Quando eu falo para conhecer os consumidores, não estou me referindo a saber sua idade, se eles homens ou mulheres, de que estado são ou quail a sua renda. Quero dizer sobre quais são seus valores como pessoas, os seus gostos, que tipo de coisas importa para eles, etc. Para se ter uma visão mais antropológica e não somente estatística.

Não monitore só os resultados dos seus consumidores

Hoje monitorar apenas os resultados não irá te ajudar por completo. As empresas estão enfrentando desafios que exigem compreender melhor os seus clientes. Estamos em transição da era da produção em massa para a era da personalização.

“Não monitore tuítes. Monitore comportamentos”. (Damasceno, André)

Se você não entender o valor do seu consumidor, como você vai agregá-lo a sua empresa? E não há inovação de valores, ou a capacidade de conectar os consumidores a sua marca se você não torna-lá mais humana. Você tem que se especializar na sua audiência.

“Redes sociais são canais de relacionamentos. Relacionamentos são negócios disfarçados.” (Damasceno, André)

A empatia com o seu consumidor torna um exercíco de alta rentabilidade para sua empresa. Você precisa entender o que motiva as pessoas a compartilhar sua comunicação. Separei 3 dicas para você começar a entender melhor os seus consumidores:

1. Valores

É o que impulsiona comportamentos. Os valores evoluem ao longo do tempo e hoje muitos deles tornaram-se um contexto global. Atualmente a solidariedade e a transparência são os valores muito mais apreciados pelos consumidores por causa do contexto em que elas vivem.

2. Motivação

É o incentivo que desencadeia a preferência em direção a algo. Seja comercial ou pessoal, a motivação é o impulso que seu consumidor pode dar para consumir a sua marca. Ex: selfie. Hoje todos tiram selfies por serem motivados a fazer tal ação.

3. Grupo

O que, como e com quem você compartilha. Tudo que queremos saber, podemos encontrar online. Através de comunidades de interesse que se relacionam com a sua marca e também com pesquisas utilizando hashtags, você poderá descobrir consumidores potenciais e motivá-los a simpatizar com a sua marca. As hashtags são fontes ricas de informação.

 

É muito importante criar empatia com seus clientes, mas para colocar isso em prática no seu negócio, você precisa alinhar esse conhecimento com sua equipe interna. Se você já aplica isso para sua marca, parabéns. Caso contrário, comece a dar um ponto de partida utilizando estas dicas e você começará, em médio a longo prazo, mudanças no comportamento dos seus clientes para a sua marca.

Espero que vocês tenham gostado dessas dicas. Se você deseja acrescentar algo, deixe nos comentários. Não esqueça de compartilhar com seus amigos. Abraços e até a próxima.

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.