Skip to main content
marketing

12 tendências de estratégias de marketing para o Natal

O Natal é uma época onde as marcas já vem trabalhando há 3 meses atrás nas suas estratégias de marketing. Esperar até dezembro para preparar a época de Natal é um erro, pois os consumidores já começaram a fazer compras muito mais cedo e as empresas devem estar preparadas para responder às suas necessidades a partir desse momento. Na verdade, de acordo com um estudo realizado pelo Google, 26% dos consumidores começam a fazer suas compras de Natal em outubro.

Nesta época de Natal, muitas empresas não têm horários definidos para as vendas. O estudo Google mostra que um grande número de consumidores estão procurando produtos que consomem, em qualquer momento durante noite e a madrugada. Além disso, o interesse dos consumidores ao comércio eletrônico também aumentou. Usuários em lojas online estão comprando mais e sendo adeptos a novas práticas como BOPIS (fazer compras na Internet e recolher o produto na loja física). E só este ano as compras serão mais sociais e mais mobile da história, ou pelo menos é o que se espera.

As grandes empresas devem estar cientes e considerar tudo o que pode acontecer no Natal deste ano, pois será diferente de todos os outros. Então resolvi separar 12 tendências de estratégias de marketing que devem ocorrer no Natal de 2014.

1. Dispositivos móveis

Poucos duvidam que os dispositivos móveis estão no comando. Desde como os consumidores compram por eles, assim como as marcas devem se dirigir a esse meio. O mobile é a primeira tendência que irá fazer deste Natal diferente dos anos anteriores. Embora o e-commerce mobile seja o futuro, muitas marcas ainda estão um pouco perdidas sobre o que fazer para conversão de vendas.

2. Customização

Eu sou o primeiro a concordar com essa tendência de mercado. Cada consumidor merece um produto exclusivo? Sim, eu mesmo passei a pensar assim nos produtos que desejo comprar. Passei a querer personalizar e customizar tudo que desejo comprar. É possível recorrer a ferramentas que possam se comunicar com a marca e que a marca também possa ouvir ou ver e se concentrar em suas necessidades, especialmente em um momento em que tantos estímulos emocionais são recebidos pelas pessoas na época do Natal. O big data e bom uso é a solução para conquistar os corações dos clientes.

3. Cupons

Não são cupons ou cartões físicos de papel que os consumidores desejam. O que eles querem são cupons de desconto digitais. Uma tendência de será o estímulo de cupons de desconto de acordo com o valor da compra que o consumidor faça. A Netshoes é um bom exemplo disso. Quando eu comprei e o produto chegou na minha casa, automaticamente recebi um email de um cupom eletrônico com desconto para minha próxima compra. Essa estratégia induz ao consumidor a comprar mais pela internet. Cupons de frete grátis também é uma excelente opção.

4. Bopis

O Bopis é uma prática que vem sendo muito usada nos dias de hoje e com certeza será uma estratégia de marketing que será bastante usada neste Natal. A velocidade da compra e da entrega é muito importante para o consumidor. Eles não desejam esperar muito para receber seu produto e o Bopis facilita isso. O consumidor compra seu produto online e escolhe a opção de retirar na loja mais próxima da sua casa.

5. Novos canais

Manter apenas um canal de vendas é um erro muito grave. Os consumidores estçao cada vez mais presentes em vários canais para fazer suas comprar e as marcas não tem escolha a não ser fingir ser onipresente para conseguir capturá-los como clientes. As empresas não podem negligenciar o online, nem o mobile, muito menos a loja física. Deve-se maximinizar seus esforços para ser eficaz em todos os casos. Principalmente quando a previsão geral do mercado é que os consumidores vão esperar mais tempo para realizar suas compras online.

6. Sociais

Poucos duvidam porque as mídias sociais são uma parte fundamental na relação entre marcas e consumidores. Assim será este Natal, onde os vendedores tem de fazer o melhor uso das mídias sociais para que seus consumidores realizem suas compras diretamente pelo Facebook ou pelo Twitter. A grande tendência é transformar esses consumidores potenciais em embaixadores da sua marca, fazendo com que os mesmo divulguem os benefícios de adquirir a sua marca. A proposta é premiar as atividades sociais dos consumidores oferecendo recompensas para aqueles que compartilham ou elogiam os seus produtos.

marketing-online7. Análise de métricas

Se os grandes dados e todas as ferramentas de análise e previsão são cada vez mais importantes, como não será neste Natal? Para as marcas, a temporada de Natal pode se tornar ainda mais eficaz do que em campanhas passadas, utilizando as informações que tem e podem ter. Os pontos a serem observados devem ser os custos para o consumidor e as informações provenientes das mídias sociais.

8. Questões econômicas

Embora os orçamentos de marketing aumentem devido a época do ano e os dados sobre a confiança do consumidor são melhores, a economia ainda não está estável e teme uma nova recessão. As empresas ainda estão relutantes em gastar e escolher mais austeridade. A previsão é que as marcas estão conscientes dos custos e assim as campanhas deverão ser bastante controladas fazendo com que o ROI seja o ponto principal de análise do estoque de Natal.

9. Potência da marca

Criar uma marca poderosa é, de fato uma das preocupações que as empresas tem todo o ano. A marca é crucial para a época do Natal, não só porque funciona como uma garantia de confiança, mas também como um fator de diferenciação que faz com que a empresa e seus produtos destacam-se contra a concorrência.

10. Simplicidade, rapidez e segurança

Estes três pontos funcionam como um elemento único. São características que o consumidor procura ao fazer uma compra, olhando tanto a internet como em lojas físicas, rede de afiliados ou aplicativos mobile. O Natal torna ainda mais difícil oferecer estes três elementos.

11. Tecnologia

Os consumidores estão cada vez mais técnicos e mais espertos em utilizar dispositivos para tomar suas decisões de compra. Para eles, será uma campanha de Natal altamente tecnológica. A estratégia de marketing é utilizar toda a tecnologia disponível, a partir de ferramentas de análise de dados em tempo real, até soluções de análise preditiva para alcançar uma melhor visualização de seus consumidores e não só agregar valor aos que fazem, mas melhorar a proporção de sucesso em seu marketing e vendas.

12. Os consumidores tem o poder

O uso intensivo das novas tecnologias será a chave para o último ponto sobre como alterar a época de Natal. As marcas irão saber mais do que nunca responder aos clientes o que eles querem saber e como suprir as suas necessidades. O poder do consumidor é, portanto, maior do que nunca nas decisões corporativas.

Comente aqui

Thiago Acioli

Publicitário, Pós-graduado em Marketing Estratégico e criador do Publicitários Social Club.